Clique aqui se você não consegue visualizar esta newsletter

A essência masculina e feminina está em todos
Desde sempre, a mulher e o homem ocupam papéis bem diferentes na sociedade. A mulher, marcada pela figura da mãe, é acolhedora, sensível, receptiva. Já o homem tem a imagem de força, astuto, seguro, racional. Diferenças que se estendem pelos séculos, passando por revoluções e grandes mudanças na sociedade. Hoje, a mulher já pode exercer o papel do homem, no entanto, sua essência feminina não se modificou, ainda é o lado mais sensível de um ser humano. A mesma coisa acontece com o homem, que mesmo em uma sociedade moderna, em que o sexo masculino está cada vez mais interessado nos cuidados com a aparência e se responsabilizando pelas tarefas domésticas, ainda tem seu masculino "à flor da pele", continua carregando ego e agressividade característicos do sexo.

"O homem foi ensinado a ser prático, lógico, a negar e reprimir seu feminino interior a não conectar e reconhecer as emoções, os sentimentos. A mulher contemporânea tem aprendido a ter atitudes mais masculinas, rígidas e competitivas tendo que negar e reprimir sua sensibilidade e intuição, isso a deixa desamparada. Ambos por estarem separados de sua fonte de força interior se sentem sós e perdidos." Afirma a psicoterapeuta Erica Brandt, especializada em Psicologia Transpessoal, área que focaliza os cuidados do ser em todos os níveis.

"A união da energia masculina com a feminina é base de toda criação. Para integrar o masculino e o feminino em nossa vida, primeiramente precisamos aprender a silenciar nossa mente, silenciar os julgamentos para então acolher a experiência que estamos vivendo, abrir o coração para compreender, aceitar as fragilidades, acolher as frustações, perdoar, respeitar a dor quer seja física, emocional, mental ou espiritual e à medida que esse movimento se desenvolver de forma harmoniosa entre o coração e a mente, também a pessoa estará vivendo melhores relações com o parceiro/a, com os filhos, familiares, colegas de trabalho, ocorrendo uma mudança gradual em todas as relações, ressalta Erica.

O certo é que o autoconhecimento e a aceitação de si mesmo e das energias presentes tanto no lado feminino quanto no masculino de cada indivíduo são fundamentais para melhorar a qualidade de vida e as relações com o próximo, seja ele homem ou mulher.

Na íntegra

Pássaros, água, vento

Para prospectar a busca da paz e do auto-conhecimento, uma coleção de meditações será formada para o leitor e disponibilizada no site www.ericabrandt.net .

Neste canal, a partir desta desta segunda edição da newsletter, você terá acesso aos lançamentos.

A primeita meditação está disponível no link abaixo. Com ela, você poderá silenciar, refletir e meditar ao som da natureza, dos pássaros, das águas, do vento.

http://www.ericabrandt.net/news/02/201005PrimeiraMeditacao.wav

Aproveite!

Erica Brandt

Música profética
A imagem ao lado vai para uma apresentação inspirada na década de 70, com a música de Hurricane Smith. O que ele cantava talvez não fosse compreendido na profundidade. Passados 40 anos, olhando o que vivemos, podemos dizer que é uma inspiração profética.
Contribuição: Erica Brandt
Acesse

Mulheres que fazem a diferença
Bárbara lição de vida!!!
Contribuição: Erica Brandt
Acesse

"avassa - ladora" e "pessoal das estrelas"
Dois poemas de autoria da amiga Almira Lima para os grupos de meditação do Centro da Consciência.
Contribuição: Almira Lima
Acesse o poema ESTRELAS DO MA R ...AO MA R
Acesse o poema LABIRINTO SAGRADO


21/05 - GCC I - Gerando e Concebendo Consciência
22/05 - GCC II - Gerando e Concebendo Consciência
22/05 - Matinê das Duas

Em junho, Erica Brandt fala sobre o relacionamento dos casais, em uma homenagem ao mês dos namorados.


Especialista em Psicologia Transpessoal pela ALUBRAT (Associação Luso Brasileira Transpessoal), MBA em Abordagem Holística Transdisciplinar pela UNIPAZ/RJ, Membro do CIT - Colégio Internacional dos Terapeutas. Acolhida em 05 de outubro de 2000.

Formação em ”Terapeutas Transformadores” com Dr. Octávio Rivas Solis (México); Terapia Refocalizadora e Terapia de Casal com Dr. Franco Del Casale (Argentina) e artista plástica.

Psicoterapeuta e assessora institucional com mais de trinta anos de atuação. Desenvolve seminários, workshops e retiros focados na expansão da consciência e melhor qualidade de vida. Criadora e focalizadora das Dinâmicas "A Travessia de Avalon" e "A Jornada de Jonas", este apresentado em Évora, Portugal, no VI Congresso Internacional da ALUBRAT em novembro de 2008; dos programas "Você vive na Caverna ou sob o Céu Estrelado", "Espírito Criativo e Poder Pessoal", "Integração Coração e Mente", "Gerando e Concebendo Consciência" e dos retiros "Oceano Interior e as Conchas da Consciência", estes desenvolvidos em Porto Alegre, Torres/RS e Criciúma/SC.

Morrer... Nascer...
Erica Brandt

Morro a cada instante
No ato do expirar
Do devolver o ar
Que preencheu meu corpo

Morro na pele
A cada ciclo de renovação
Sem ter consciência
Da troca de pele
Em todo meu corpo

Morro quando nego ver
Quando fecho minhas janelas
Evitando olhar
O que machuca minha alma

Morro quando corto a palavra
Quando nego meu sentir
Negando a própria expressão
Da minha verdade
Ficando dissociada

Morro ao ficar parada
Freando o movimento
Espontâneo do meu ser
Ficando robotizada

Na íntegra

www.ericabrandt.net

Participe enviando críticas e sugestões de pauta para news@ericabrandt.net
Jornalista responsável: Aline Wolff da Fontoura (MTB/RS 12.406)